Argentina - Trajeto XI: Piedra Buena a Perito Moreno - 01/03 a 07/03.

14/03/2016 20:13

Trajeto XI: Piedra Buena - Puerto San Julian - Caleta Olívia - Rada Tilly - Rio Mayo - Perito Moreno - Paso Los Antiguos/Rio Jeinimeni

Veja também as fotos em Galeria de Fotos.

 

01/03 - Puerto Santa Cruz a Cmdte Piedra Buena

Pela manhã,  ainda em Puerto Santa Cruz, resolvemos visitar o museu dos imigrantes. Uma das primeiras casas da região com inúmeros objetos de uso dos mesmos! Um passeio interessante pela história, Puerto Santa Cruz foi fundada em 1878 e é a segunda cidade mais antiga da província de Santa Cruz, depois de Piedra Buena, e abriga alguns barcos naufragados na costa. Uma cidade pequena e que parece ter parado no tempo em muitos aspectos.

Seguimos viagem até Comandante Piedra Buena, que é um pouco maior e mais estruturada! Ela nos recepciona com o lindo rio Santa Cruz com águas de um azul Esmeralda que impressiona, a cidade é simpática, ao sul nos recepciona com uma entrada em homenagem ao Papa, toda iluminada, com esculturas e bandeiras!

Resolvemos ficar por aqui e dormimos no YPF.

À noite, após atualizarmos informações na internet, lanchamos e ensaiamos algumas musicas, como temos feito todos os dias. Temos considerado a possibilidade de trabalhar com música mais ao norte. Algo que está em nossas orações.

 

02/03 -  Puerto San Julian

Pela manhã, passeamos pela cidade e logo seguimos a Puerto San Julian. Queríamos ver os pinguins mas ao chegarmos descobrimos que seria meio difícil. Precisa pegar barco e aqui só um barco faz passeios. Uma máfia! Não é possível ver da costa. Ficamos um pouco frustrados, mas tudo bem! Passeamos pela costa vimos a Nau victoria, um barco que hoje é um museu aberta à visitação,  vimos o Mirage que virou um monumento em homenagem aos soldados na guerra das Malvinas. Daqui saíam os aviões para a guerra das Malvinas.

E fomos ao camping municipal. Pensamos ser gratuito mas não, este é pago! Estávamos cansados e com fome e o Toninho resolveu ficar por aqui mesmo! Fizemos uma carninha! Fazia tempo que ele não fazia uma! Uma delicia! O camping é bem estruturado e fica à beira mar!

A tarde nós aproveitamos para escrever, tocar, cantar, estamos nos preparando...

 

03/02- Em direção a Caleta Olívia

Pela manhã resolvemos dar mais uma volta pela cidade de Puerto San Julian e fomos surpreendidos com um lago repleto de flamingos no final da costaneira! Que bom que resolvemos vir até aqui! Um visual lindo!

Depois fomos ao posto e tentamos abastecer e não aceitavam cartão. Isso já tinha acontecido em Piedra Buena. Tínhamos dinheiro mas é para emergências! Como ainda tínhamos combustível resolvemos seguir. Em três cerros a mesma história, depois em Fitz Roy, e resolvemos seguir a Caleta Olívia. Uma cidade maior!

Adentramos a província de Chubut, deixando Santa Cruz para trás

Desistimos de ir a Puerto Deseado, pois segundo informações, também teríamos que pegar barco para ver pinguins... Seriam mais de cento e vinte quilômetros só de ida, para ainda ter que pegar barco para vê-los. Melhor não...

Um pouco antes de Caleta Olívia, tínhamos algumas coordenadas de lugares à beira mar para ficarmos. Tentamos um, achamos bom mais um pouco longe do mar, tentamos outro, muito próximo da rodovia, e outro, a mesma coisa. Já estávamos quase voltando ao primeiro local quando, no quarto local, nos deparamos com uma imensa colônia de leões marinhos! E ainda assistimos ao por do sol! Coisa mais linda!

Nem pensamos duas vezes. Escolhemos um local e nos instalamos! Um local tranquilo, longe da rodovia, com barulho do mar e dos leões marinhos! Deus é sempre bom conosco!

Aqui conversamos sobre a direção à seguirmos. Temos uma possibilidade de voltarmos ao Chile e trabalharmos. Mas a princípio não seria com música. Embora consideremos a possibilidade, ainda pendemos para seguir ao norte da Argentina.

Estamos orando a respeito.

 

04/02 - Caleta Olívia - Rada Tilly

Acordamos e aproveitamos mais um tempo admirando o mar, os leões marinhos e toda a sua bagunça que parece corriqueira.

Seguimos a Caleta Olívia, pois precisávamos abastecer e, alguns quilômetros a frente deste quase paraíso, nos espera um acostamento imundo, lixo por todos os lados, parecendo um lixão a céu aberto (achamos que deve ser um). Uma cidade com aparência pobre. O que não é problema. Mas a sujeira sim!

Um contraste com tudo o que estávamos vendo até aqui...

Outra questão por aqui é que não aceitam cartão para abastecer, somente efetivo! Como precisávamos abastecer procuramos outro posto e, finalmente conseguimos na saída da cidade um YPF que aceita!

Seguimos para Comodoro Rivadavia! No caminho entramos no balneário Rada Tilly e dirigimos até a costaneira! Um lugar simpático onde resolvemos passar a noite!

Ali, como temos feito nos últimos dias, ensaiamos algumas musicas e conversamos sobre o que poderíamos fazer nestes dias e onde poderíamos ir para trabalhar por um tempo... Temos orado pois não queremos fazer algo somente pelo dinheiro, senão, se perde tudo o que conquistamos desde que saímos há um ano e nove meses, mas queremos ouvir a voz de Deus nos dando direção. Enquanto ele nos dá aval para seguir, seguimos!

 

05/03 - Indo a Rio Mayo. O vento soprou em direção ao Pacífico...

Acordei , como de costume fui ler a palavra, meditar e orar um pouco. Mais uma vez o casal de Chile Chico, que nos convidou para voltar e trabalhar, me veio à mente e a sensação no espírito de que se fôssemos para lá seria um tempo especial de Deus onde poderíamos trabalhar e ajudá-los ao mesmo tempo. Me veio à mente o texto que diz para "buscarmos em primeiro lugar o Reino de Deus... E o que precisamos nos será acrescentado".

Ao terminar, o Toninho, que estava fazendo o mesmo, me comentou sobre um texto que recebeu, e comentou que pensou se não seria interessante irmos à Chile Chico. Pois lá teríamos um ponto de partida para buscarmos o que queremos mais adiante.

Mas tínhamos passado já da entrada... E nisso ligamos os celulares e tinha uma mensagem de nosso amigo de lá dizendo que precisavam de nós lá! Que eu teria trabalho com a esposa dele, e o Toninho teria emprego onde ele trabalha!

Conversamos com os dois para ver se entre eles havia concordância. A resposta foi Sim! Venham! E nos surpreendemos quando, olhando o mapa, estávamos há alguns quilômetros de outra entrada que leva direto à Chile Chico e nem sabíamos! Oramos, sentimos que esta era a direção à tomar e resolvemos voltar ao Chile.

Comunicamos os familiares, pessoas que intercedem por nós, e mudamos o rumo! Tínhamos a paz que precisávamos para seguir!

Esta região considerado o corredor Bio-oceanico, ou a ruta central do pampa argentino, é um grande campo de extração de petróleo. Diversos "cavalinhos" por todas as planícies e até as montanhas! Impressionante! O asfalto é ruim, com muitas emendas e venta bastante por estes lados.

Passamos por Sarmiento que tem um bonito lago, mas o acesso é um estradas de ripio. Pensamos em almoçar por lá mas a estrada nos desencorajou. Seguimos na rodovia e paramos no último ponto com vistas para o lago. Ali lanchamos.

Dirigimos até Rio Mayo, uma pequena cidade cem quilômetros adiante. Resolvemos dormir no camping municipal. Dormimos orando e agradecendo a Deus pela direção e a paz que nos dá!

 

06/03 - Rio Mayo a Perito Moreno

Passamos a manhã no camping, e saímos perto do meio dia! Vamos em direção a Perito Moreno. O asfalto depois de Rio Mayo está bem conservado. Uma reta infinda... Muito pampa neste que é o corredor Bio- Oceânico.

Uma coisa interessante na Argentina é a imensidão da extensão de terras. Você anda quilômetros sem nada habitado. Somente o pampa e o horizonte com as montanhas nevadas chilenas, e o vento como companhia. Pela manhã, geralmente o vento é mais ameno.

Nesta região a Ruta 40 é menos movimentada. Na altura do km , saímos de Chubut adentrando novamente a província de Santa Cruz. E a paisagem não muda...

Fomos ao Posto Petrobras na entrada da cidade e ali resolvemos fazer almoço!

Ali tinha uma kombi de São Paulo com o pessoal do GuRu Expedições, o Guto e a Rute! Estão um ano viajando e voltando para o Brasil.

Almoçamos já eram quase quatro horas e fomos gastar um tempo na internet para falar com amigos e familiares. O posto tem uma internet razoável. O problema são os preços! Dois cafés com medialunas nos custou $100 pesos! O café é caríssimo aqui, mas ainda bem que uma delícia!

Ficamos por ali até as nove horas, quando o posto fechou!

Retornamos e nos preparamos para dormir... oramos agradecidos pelos amigos, pela família... Um tempo preciosos juntos!

No coração a expectativa pelo que nos aguarda... Amanhã nossa vida toma outros rumos, pelo menos por um tempo... E não sabemos o que Deus nos reserva...

 

07/03 -  Los Antíguos 

Acordamos e fomos ao mercado comprar antes do café! Voltamos ao posto para tomar café ali e vimos um jovem francês, mochileiro, estava ali desde ontem tentando conseguir uma carona. Imaginamos que estivesse com fome e nós resolvemos convidá-lo para tomar café! Ele aceitou prontamente! Preparamos o café e ele pareceu encantado com uma xícara de café com leite quente!

Tomamos café juntos enquanto conversávamos sobre nossas vidas! Nos despedimos depois de mais de uma hora e ele nos abraçou muito grato pelo convite! Os abençoamos! Ele segue para o norte, nós para o sul! Esperamos que ele consiga carona logo!

Arrumamos tudo para sair e quando passamos pelo posto ele já não estava! Acho que seu dia começou bem!

Saímos uma hora de Perito Moreno e a visão do Lago Argentino, que é o General Carrera no Chile é, de todos o mais impressionante! Hoje estava com uma névoa cobrindo ele todo, mas mesmo assim, emocionante. Pegamos um pouco de vento de frente! Mas suportável! Esta região venta muito! Vamos ter que nos acostumar com isso! O lago parece praia tal o tamanho das ondas por causa do vento! Um espetáculo! Paramos e ficamos por ali por umas horas! A tarde seguimos para a Fronteira! Na aduana da Argentina tudo muito rápido. E a frente um novo tempo nos aguarda...