Diário 7: 15/04 a 21/05 - Reencontro com a Família Mayes, Visa do canadá.

12/05/2017 14:37

Hoje, 15/04 é a festa de apresentação dos dois novos filhos da família Mayes, eles adotaram mais duas crianças, irmãos da Deise e da Katie. E farão uma recepção para apresentá-los aos amigos e irmãos.

Saímos de Zavalla em direção a Fort Worth ás 10 horas da manhã, com previsão de chegada ás 16 horas, horário da festa. Mas acabamos nos atrasando e chegando com quase duas horas de atraso. 

O reencontro com esta família é sempre emocionante e nós amanos estar com eles. 

As crianças nos receberam, as duas meninas com alegria pelo reencontro e os dois novos com curiosidade... Levamos dois pacotes de balões de fiderentes formatos e não imaginávamos que isso os faria tão felizes por tantos dias. Foi uma festa!

Ficamos com eles por uma semana. Fomos ao concerto de violino da Katie, passeamos, fomos aos cultos, ajudamos com a casa, momentos muito especiais.

A Brenda me ajudou com os formulários para aplicar para ter o visto do Canadá online  (saiba mais em Aplicar online para Visa do Canadá), pois são muitos detalhes e é sempre bom ter alguém que entende tudo perfeitamente e não deixa escapar nenhum detalhe. Levamos um dia inteiro envolvidas com isso, Mas por fim, conseguimos enviar. Agora é esperar.

No dia 23, quando já nos preparávamos para seguir para outro lugar, a Lora, irmã da Brenda ligou dizendo que precisaria de ajuda na casa do lago, pois exatamente no dia que iria trocar os hóspedes da casa, o filho dela vai casar e não tem ninguém para limpar a casa para ela. dissemos que poderiamos voltar e fazer isso, Uma vez que teríamos que esperar o Visto para seguir para o norte. 

Dia 25, retornamos para Zavalla. Paramos em Lufkin no caminho e dormimos no Walmart. Aproveitamos fazer as compras para os dias que ficaríamos por lá e seguimos dia 26 para Zavalla. 

Chegamos e conhecemos a Hurgleen, mãe da Lora e da Brenda, e o James, seu esposo. Reencontramos o Ed e a Grace, que estavam em Mariland quando estivemos aqui na semana anterior. 

E ficamos por aqui, a espera de nosso visa Canadá.

No dia 27 recebemos confirmação de que nossa aplicação foi aprovada e que deveríamos enviar o nosso passaporte. Providenciamos todos os documentos solicitados (saiba mais em Aplicar Online pa ra Visa do Canadá), e enviamos os nossos passaportes com muita dor no coração. Agora estamos aguardando o Passaporte e na expectativa de que retorne para podermos seguir viagem.

Acompanhamos e vimos que já na segunda-feira, chegou no destino. Três dias depois recebemos uma mensagem de que tinham recebido nossos passaportes e que estava tudo certo. Agora é aguardar ele retornar para nós. 

Nos dias seguintes a mãe da Lora foi embora. Foram dias muito especiais; Jantavamos todos os dias com o Ed e a Lora e isso nos permitiu desenvolver ainda mais nosso relacionamento. Um tempo muito agradável de troca de experiências. Vimos os dois muito agradecidos por estarmos por ali e ouvimos algo que fez valer a pena estes dias ali: "Não confiamos em ninguém mais, só em vocês! Podem voltar e ficar por aqui quando e quanto tempo quiserem. São sempre muito bem vindos na casa do lago!", e a Lora contando sobre a nova casa deles em Bryan, disse: "Lá terá um ponto de água, energia e dump, para quando vocês quiserem ir para lá!". Com certeza fizemos amigos por aqui.

Dia 10 o Ed foi embora e ao nos despedirmos nos agradeceu novamente por toda a ajuda. E falou que somos especiais. 

No dia 11 a Lora e a Grace foram embora e nos despedimos na expectativa do reencontro. 

Hoje, 12/05, faz 3 anos que estamos na vivendo em um motor home! Como o tempo passa rápido. E de presente recebemos a confirmação de que nosso passaporte já tinha chego a casa da Brenda. Uma festa! Nossa aplicação deu certo e agora podemos seguir viagem! Saiba mais como foi assistindo ao vídeo em nosso canal sobre Visa Canadá e o passo a passo para Aplicar Online Visa Canadá.

Temos aproximadamente pouco mais de 60 dias para deixar os EUA e entrar no Canadá. Decidimos ainda ficar mais uns dias e partiremos dia 18 para Fort Worth.

Chegou o dia 18/5, programado para deixar Zavalla e a casa do lago. Voltaremos final do ano talvez, se não formos para o Brasil.

Na passagem por Tyler fomos conhecer uma loja curiosa que nos foi indicada por uma amiga. A Dirt Cheap. Essa loja recebe artigos diversos, casa e jardim, roupas, brinquedos, eletrônicos e decoração de diversas lojas que não podem vender os produtos por estarem sem embalagem ou que passaram de coleção, ou ainda outras razões. Mas no geral, tudo está em perfeito estado. Muitos latinos, principalmente mexicanos, estão nessa loja. Você pode decorar sua casa, da cozinha ao quarto, da sala ao jardim, com valores muito inferiores aos praticados nas lojas convencionais. Acabamos comprando uma cafeteira francesa por U$ 3,00 apenas, porque a embalagem estava danificada. Uma pechincha, lembro que compramos uma vez em Curitiba  por $50 dólares, realmente somos ricos no Brasil.

Nossa chegada em Fort Worth é sempre bem calorosa, casa da Brenda com duas crianças a mais. Agora são quatro para abraçar. E o menor é uma graça, o John Cameron, é tranquilo, inteligentíssimo e muito carinhoso, se encantou com o Toninho e quer ficar o tempo todo em nosso RV com ele.

Na sexta,dia 19, nossos amigos Randy e Brenda tinham muitas coisas para por em ordem na casa e acabamos dando uma mão a eles, homens do lado de fora e mulheres do lado de dentro da casa. Ao final do dia tudo estava pronto. Uma alegria poder estar com esses irmãos. Estacionados na rua na frente da casa, tínhamos energia conectados no carro e água. Nessa situação aproveitamos e tomamos banho dentro da casa, é sempre bem vindo um banho com mais água e mais tempo.

No domingo fomos ao culto com os irmãos. Aproveitamos a carona com o Randy e as meninas. A Brenda ficou em casa com dois dos filhos, que estão ficando resfriados. No retorno almoçamos com eles e a tarde passamos jogando Sequence, que aprendemos com eles e hoje temos o nosso próprio jogo. Fizemos 11 rodadas por mais de três horas e os homens ganharam das mulheres, no final foi suado mas depois de mais de três horas não dava mais. Comemos algo juntos, conversamos um pouco ainda, nos despedimos e fomos dormir. Amanhã partiremos em direção ao Colorado.