Diário do Brasil-Uruguai (12/05 a 19/05/2-14)

19/05/2014 12:00

  

Trajeto: Florianópolis - Gravataí - Chui (Brasil) - Punta del Este - Colônia del Sacramento - Paysandú (Uruguai).

 

Dia 12/05/2014 - Blumenau - Florianópolis

Pensei no que poderia escrever sobre este primeiro dia... Uma mistura de sentimentos como excitação, alegria, tristeza, dor, ansiedade, expectativa, de novo tristeza...

Saímos chorando da casa da minha sogra ao deixá-la com a Mel. Foi mais difícil do que imaginamos. 

Mas, como tínhamos ainda diversas coisas para resolver, acabamos nos distraindo e a manhã discorreu tranquila.

Saímos as 11:05 h de Blumenau, paramos em Ilhota para almoçar pastel e caldo de cana e seguimos viagem.

Chegamos em Florianópolis as 14:30h e fomos a casa do Gerson 'Cascatinha' nos despedir.Conversamos com ele e a Eliane e logo em seguida chegou o Marco e a Sandra! saímos de lá ás 16:30h e fomos para a casa do Marco.

O objetivo era pegar as 'cadenas', correntes para neve, e acabamos resolvendo ficar e seguir viagem no dia seguinte. A Sandra preparou um café delicioso, e conversamos por um bom tempo!

As 20:30h resolvi tomar banho e a bomba deu problema. Foram quase duas horas tentando resolver o problema, que ao final parecia ser somente sujeira.

Fomos deitar 22:40h, agradecendo a Deus por todo o cuidado para com nossas vidas!

 

Dia 13 (Graal Rota 80)

Levantamos as 8:00 h em tempo de nos despedirmos da Sandra que estava saindo! Preparei o café enquanto o Marco e o Toninho viam os valores da carta verde, que não conseguimos fazer em Blumenau, mas chegamos a conclusão que era melhor seguir e fazer no Chuy.

Tomamos café e resolvemos dar uma volta na praia! Para nossa alegria e surpresa encontramos o João e Carmem Faustino ! Nós sabíamos que estavam morando na praia, mas nao imaginávamos que era nesta praia!

Conversamos, fomos ver a praia e depois retornamos a casa do Marco. Nos despedimos combinando de nos encontrarmos daqui há um mês no Chile!

Saímos em direção ao RS e paramos ás 14:30 h em Criciúma para comprar mantimentos! Seguimos e quando a fome apertou paramos em um posto para fazer almoço! Almoçamos, arrumamos tudo e seguimos viagem!

Paramos para pernoitar no Graal Rota 80 ás 21:30h. Isto porque o Graal ficava no sentido contrário e levamos uma hora para conseguir chegar nele, graças ao nosso GPS que nos levou por um caminho que nos deixou num terreno ao lado do Graal, mas sem passagem para ele!

Mas o local compensou pela estrutura! 

 

Dia 14 (Chui - RS)

Acordamos ás 8 h, descansados, tomamos café, fizemos nossa meditação, abastecemos e seguimos em direção ao Chui. O dia está lindo! Mas, como era de se esperar, com muito trânsito! Muitos caminhões!

Mas a viagem foi tranqüila. Paramos no Parada Grill, em Jaguarão para almoçar, e lá fomos muito bem atendidos! Nos forneceram energia e água, sem problemas!

Seguimos viagem ás 15 h e paramos no Parque do Taim para contemplar o por do sol, e a lua!!! Um cenário lindo e  que tivemos que registrar. Chegamos ao posto no chui, ás 19:30h. Ficamos no espaço reservado aos caminhoneiros onde também tinha energia e água!

Foi interessante (para mim - Jane) esta experiência! Mas me senti segura! Jantamos e Louvamos a Deus por mais um dia! 

 

URUGUAI

Dia 15 (Punta del Este - Uruguai)

O dia amanheceu frio e chuvoso no Chuy.  Acordamos 7:30 h, tomamos café, fizemos nossa meditação, abastecemos e fomos fazer a carta verde. 

Depois, fomos comprar algumas coisas que deixamos para pegar aqui, fizemos um lanche na Bizcocheria Giannin, indicada pela Miriam Mesquita (www.patagoniadecarro.blogspot.com) e seguimos viagem.

Passamos pela Aduana as 14:30 h e foi tudo tranquilo. A viajem foi agradável, com uma paisagem totalmente diferente das outras vezes que passamos por aqui. Pastos de um verde intenso, com coqueiros e árvores brancas sem folhas, que pareciam ter sido calfinadas, pinheiros vermelhos e lagos completavam a paisagem.

Na altura do Forte Santa Tereza passamos por dois viajantes a pé puxando, cada um, um carrinho com seus pertences, seguidos por um cachorro, e na altura de Rocha, passamos por 3 ciclistas que estavam cruzando o Uruguai!

Chegamos em Punta del Este ás 17:00 h com tempo nublado, céu bem fechado. Mas a visão do Mar del Plata sempre é emocionante! Fomos direto á uma Panaderia, compramos medialunas, e facturas, nos dirigimos á praia Manantiales, estacionamos, preparamos um chá e brindamos este momento louvando a Deus por nos permitir estar aqui! Foi especial!

Chegamos ao  Camping Punta Ballena  ás 19:30h,  depois de passar pelo Camping San Rafael que está fechado até novembro.

Estamos pensando se seguimos amanhã ou ficamos mais um dia... Mas como decidimos ao sair: 'um dia de cada vez!' Então, amanhã decidimos!

 

Dia 16 

Lindo, céu azul e 12 graus! Assim amanheceu essa quinta-feira aqui em Punta Ballena! Levantamos as 9 h! Tomamos um delicioso café. E nos sentamos nesse gramado verde para meditarmos na Palavra! Hoje foi especial. Meditamos em Ef. 2:11-22, compartilhamos sobre o texto, o Toninho pegou o violão, começou a tocar e o Espírito Santo me deu uma letra, falando sobre o amor e a graça de Deus! Você pode ler em Momentos com Deus.

Depois resolvi lavar umas roupas(no balde) e o Toninho , que acordou bem emotivo, compartilhou alguns sentimentos a respeito de alguns conflitos ( que outra hora ele mesmo compartilha com vocês) enquanto me ajudava a estender as roupas!

Nisso, chegou uma pick-up com um senhor de cabelos e barbas brancas, muitíssimo simpático, que já parou, o começou a conversar conosco! Se apresentou como Franz, disse ser de Gramado e morar no camping. Nos convidou para estar com ele e sua esposa Emi,  final da tarde!

Resolvemos então procurar um lugar com internet para atualizarmos as informações, sem sucesso! No camping estava ruim, no ANCAP (posto) não estava funcionando também! Fomos a Tienda Inglesa  no Punta Shopping, ver se achávamos algumas coisas que o Toninho queria e lá conseguimos internet suficiente para postar informações sobre o nosso paradeiro.

Retornamos e fomos visitar o Franz e a Emi, que moram em um trailler no camping.

Foi um tempo precioso de providência de Deus! Chegamos as 18:00 h e saímos as 23:30 h, com a promessa de retornarmos no dia seguinte!

Ele já foram ao Ushuaia por diversas vezes em todas as épocas, e nos falaram do que encontraríamos lá, nos dando outras opções de roteiro, deixando o Ushuaia para o final! Foi resposta de Deus para nós sobre o melhor roteiro a fazer nesta época!

Voltamos para a Master, e compartilhamos da nossa gratidão a Deus pela forma como ele nos responde prontamente as orações!

 

Dia 17

O dia amanheceu nublado. Acordamos as 8 horas, tomamos café e, as 10 h, o Franz passou para nos levar á alguns lugares para vermos algumas coisas que precisávamos providenciar!

Nos apresentou uma casa de massas em Maldonado, com pratos deliciosos e um valor bem razoável!  Fomos ao mercado com ele e retornamos ao camping.

Eu fiquei limpando a Master e o Toninho foi mexer no carro para identificar o funcionamento de todas as coisas.

Almoçamos a massa deliciosa, eu fui descansar e o Toninho foi tocar um pouco, depois continuar a mexer no carro.

Acordei e fui tentar acessar a internet para postar mais algumas coisas e atualizar os diários.

Final da tarde fomos visitar o Franz e da Emi Haberler, que nos receberam com deliciosas empanadas feitas por ele e, novamente, conversamos sobre suas viagens, até as 22:00h.

Nos despedimos com a possibilidade de nos encontrarmos nos Estados Unidos.

Definimos que sairíamos na manhã seguinte para Colônia del Sacramento e fomos dormir!

 

Dia 18 (Montevidéu - Colônia del Sacramento - Uruguai)

Depois de uma noite de sono tranquila, acordamos as 7:40h e levantamos, pois pretendíamos seguir viagem. Fiz um café, tivemos um tempo para meditar na palavra, compartilhamos, oramos juntos, arrumamos tudo e saímos!

Passamos na Tienda Inglesa no caminho(quem resiste?) e resolvemos ir fazer um lanche na praia de Atlântida. Um lugar lindo e tranquilo! Ficamos ali até as 14:00h!

Em Montevideo, passamos pela Rambla, e fomos até o Mercado do Porto, onde fizemos um passeio.

Chegamos em Colônia del Sacramento as 17:30h, fomos a Granja Arenas, indicação do Marco, que tem espaço para estacionamento de motorhome's, e por ser Turistico, tem uma ótima estrutura, como baños, restaurante, café, minimercado com produtos fabricados aqui mesmo, e um Museo Arenas de Las Coleciones, onde se encontram diversas coleções, incluindo uma coleção de Lápis, que por cinco anos consecutivos está no livro de Records Mundiais.

Fomos muito bem recebidos pelo Sr. Henrique nos levou ao local para deixarmos a Master com acesso a energia, nos mostrou onde temos água, nos passou senha de Wi-fi e disse que poderíamos ficar sem pagar nada!!!

Conseguimos ainda assistir ao por do sol, fizemos um lanche e fomos atualizar as informações, e descansar!!!

Louvamos a Deus por este dia especial!!!

 

Dia 19

Acordamos as 8h30min, com dia nublado e frio de 9 graus. Fizemos um café, compartilhamos a palavra e resolvemos nos dedicar a atualizar informações na internet, entender funcionamento da nossa GoPro, estudar os mapas...

Tivemos um pouco de dificuldades em postar as fotos, mas os textos, foi mais tranquilo!

Ás 15h resolvemos parar um pouco e dar uma volta em Colônia! Ao sairmos, o Toninho resolveu tirar uma foto junto com os outros carros estrangeiros (veja foto) que ficam guardados ali durante o ano. Colocamos a Master ao lado para fazer a foto e na hora de sair ela atolou na grama. Sorte que a Granja tinha um trator, que nos tirou de lá! 

Estava nublado, então, não conseguimos assistir ao por do sol, como queríamos, mas caminhamos, tiramos umas fotos e paramos para tomar um chá com um cheese cake delicioso! Compramos algumas medialunas para o café e retornamos.

Fizemos revisão dos mapas para o trajeto do dia seguinte, jantamos tacos e fomos descansar! 

 

Dia 20 (Paysandu - Uruguai / Colón - Argentina)

Acordamos as 07h45min com um ar gelado pairando sobre nós e uma temperatura de 7 graus! Dormimos com a janela da cozinha aberta e a temperatura caiu muito à noite!

Levantamos, pois queríamos sair logo! Preparei um café, arrumamos as coisas, fomos visitar o Museo de Coleciones e encontramos o Sr. Emilio, proprietário da Granja e Colecionador.

Muito gentil conversamos sobre mapas, situação em Buenos Aires- Argentina, causa da crise, e sobre a copa no Brasil! Tiramos fotos com ele e saímos as 10h15min, depois de orarmos pelo local que nos acolheu de forma tão hospitaleira.

Fomos em direção a Paysandú mas, como chegamos cedo, cruzamos a ponte internacional Evita Perón e entramos em Colón, na Argentina...

Leia mais em Diário da Argentina